dezembro 21, 2003



Quisera
Senhor, neste Natal,
armar uma árvore e nela
pendurar, em vez de bolas,
os nomes de todos os meus amigos.
Os amigos de longe, de perto. Os antigos
e os mais recentes. Os que vejo a cada dia e os
que raramente encontro. Os sempre lembrados e
os que as vezes ficam esquecidos. Os constantes e os
intermitentes. Das horas difíceis e os das horas alegres.
Os que, sem querer, eu magoei, ou sem querer me magoaram.
Aqueles a quem conheço profundamente e aqueles de quem conheço
apenas a aparência. Os que pouco me devem e aqueles a quem muito devo.
Meus amigos humildes e meus amigos importantes. Os nomes de todos os que já;
passaram pela minha vida. Uma árvore de raízes muito profundas para que seus nomes
nunca sejam arrancados do meu coração. De ramos muito extensos para que novos nomes vindos
de todas as partes venham juntar-se aos existentes. Uma árvore de sombras muito agradáveis para
que nossa amizade,
seja um momento de
repouso nas lutas da vida.
Que o Natal esteja vivo em cada dia do Ano que
se inicia para que possamos juntos viver o amor !!!





Presentes
Agradeços a todos os amigos que aqui vem sempre e de vez em quando.
Que nunca faltem amigos e presentes.
Pesquisa de Opinião deste Natal quer saber qual curso o Sr. Papai Noel poderia te dar de presente.
MBA como simpatia?
Cursinho de vida mais ativa?
Curso técnico em ajuda ao próximo?
O saco dele é grande!
Quem sabe ele tem aquele "curso" que a gente precisa.
Sabemos que o Natal é apenas uma convenção, uma data, para lembrarmos de um presente de Deus, que a humanidade ganhou há 2003 anos.



Feliz Natal!
Boas Festas!

dezembro 15, 2003



...uma mulher especial como todas as outras que buscam seu lugar ao sol...


...digamos que ele seja um homem desejável para a grande maioria de ovelhas desgarradas desse mundo, eu pessoalmente não acho nada demais nesse corpo definido, nessa cara de macho disposto e disponível, como um saquinho de pão de queijo saindo do forno...

...um lobo que se faz de vira-lata sem dono e espera a hora de dar seu bote fatal...

... que coisa patética, sempre de bar em bar atrás de um príncipe que não aparece nunca...

... não é um namoro oficial, é para noites de chuva ou feriado, quando não se tem nenhum convite para viajar...

... estou cansada dessas caçadas de bar em bar, sempre a mesma conversa mole...

.... somos boa para que tempo, tempestade de gelo, ressaca...

... justa, á vida é justa ?!?!?
- sei lá, a vida é como é , o q tiver que ser será...


... não existe panela sem tampa...

... como seria o mundo sem homens??!!
- um paraíso de mulheres gordas e felizes!

... um ano depois tudo q era mágica, vira irritação...

... não existem regras ,o que existe é um estado de espírito que te transforma em uma mulher bela, cada um na sua caverna, mas cada um feliz na sua caverna...


...existe um monte de possibilidades pela frente...

Um filme com um bando de mulher solteira, a procura, com profissões diversas e que nunca se dão bem com aquele "alguém", me parece bem familiar.
Uma mera coincidência! Rs rs rs rs

dezembro 08, 2003

Diário de Viagem

Deu tudo errado, mas deu tudo certo, vivo entre extremos e paradigmas!
Como tenho sorte na vida, não posso reclamar, Deus parece que escolhe a dedo as lindas pessoas que coloca na minha vida. Isso é ou não um motivo de agradecimento diário?!?!
Entre lobos-Guara, ratos, muita muriçocas, besouros, encantos e cantos de pássaros, chuva, calor, seriemas com seu sutil e delicado "dançar", transito louco, sobrevivi para contar e estou de volta aqui no aconchego do meu lar.
...
Sexto sentido que não me deixa, essa sensação de algo estranho que sempre me ronda, dando a impressão que não faz sentido, quando o sentido maior esta lá, camuflado.
Mal estar sinalizador de que algo deve ser mudado, vencer medos, ter isso como chave do equilíbrio, de aprimoramento, valorização da vida, intensidade de viver, de sorrir, de festejar, de celebrar o que nos é dado e até o que nos é imposto.
...
Mais uma vez uma pessoa querida vai de maneira repentina e estúpida.
Voltei anestesiada e antes da hora, pela primeira vez sem saudades do que ficou!

Eu só desejo que esse ano termine logo!!!

novembro 17, 2003


É engraçado como as pequenas coisas fazem a diferença e proporcionam momentos tão felizes!
Esta reclamando atenção esses dias e do nada recebo um telefonema de madrugada e escuto um "Eu gosto muito de você "," Gosto muito de conversar com você ".
Audível para alma!

Estou indo para Brasília, indo para ficar durante um mês, mas se tudo der certo estarei de voltas mais rápido que todos esperam!
Estou indo fazer a primeira parte da minha monografia da pós graduação, só vou por que não tenho como escapar.
Estarei fora off por uns tempos.

novembro 12, 2003

Ela fuma "unzinho" e dai?!?!

A Luana Piovane , dia desses fez uma declaração dizendo que fuma maconha, lendo isso ainda comentei com um amigo, que essa mulher deve ter muuuiiittos defeitos, inúmeros, por que dizem que a danada é mais bela na real do que na tv, rica , talentosa, inteligente ( a parte do "gostosa", eu deixo para o homens de plantão!!) e ainda fuma "unzinho", ninguém merece!!!!
O inveja dessa Luana,viu!?!!
Brincadeira gente!!!!
A verdade é que tenho visto um bafafá danado só por que a menina disse que fuma maconha, e uma promotora encaminhou um pedido a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) um pedido de abertura de inquérito contra a atriz, segundo nota que saiu no Terra.
Agora me espanta que autoridades que devem ter muito que fazer se preocuparem tanto com uma simples declaração.
Tudo bem, quem fuma "unzinho" de certa forma esta financiando o crime, mas isso é problema de cada um.
Autoridades deveriam se apegar a raiz do negocio, que é o trafico, não se preocupar com uma declaração ou outra, aliás, se eles forem se preocupar com isso estarão ferrados!
E outra, é uma hipocrisia sem tamanho, levando em consideração que drogas tem em qualquer lugar, universidade então... iiiihhhhhh... dou a minha cara a tapa se forem em qualquer universidade numa segunda as 3 da tarde e não verem uma pessoa fumando "unzinho" em cima de uma árvore qualquer!
Tomara que não aconteça o mesmo que aconteceu com a Soninha, uma mega profissional que se ferrou por ter dito o mesmo!
Não sou adepta a tal prática, mas não tenho nada contra, desde que não se faça como a coisa mais importante da vida.

Alguns episódios que aconteceram comigo...

A primeira vez que viajei com a moçada da faculdade, fomos para Chapada dos Guimarães-MT...
Os coleguinhas muito inteligentes foram fumar "unzinho" atrás de um posto de gasolina enquanto a galera comia, a policia chegou e pegou os coleguinhas espertos, foi um rolo danado, queriam dar batida no ônibus e se encontrassem mais alguma coisa eles iam prender o ônibus, agora imagina se isso acontece, estávamos presos até hoje!! Rs rs rs
Pior seria eu, ligar para o meu pai e falar que estava presa no MT (Mato Grosso), pq encontraram muita maconha no ônibus que estava!!
Passado esse susto... la dentro do parque da Chapada dos Guimarães, fomos eu como sempre a única mulher que não desistiu de nenhuma trilha (morta, mas desistir de uma trilha, nunca!), os meninos loucos para acender "unzinho" e sem graça por causa do guia, derepende o guia fala:
- Vocês não tem um do doido ai, não?!!?!
Eu fiquei indignada, os meninos deram pulos de alegria, claro!

Um vez em Carrancas- Mg ( um verdadeiro paraíso ecológico, chapadas, cachoeiras, um lugar maravilhosos)...
Fomos eu e uma turma fazer aulas praticas do curso de Ecologia Vegetal nesse lugar, no caminho de volta para Lavras-Mg, o povo acendendo cada um seu "cigarrinho relax" e já estava escuro, o motorista apagou a luz do ônibus e um menino que esta atrás de mim, começo a gritar desesperadamente pra o motorista ligar a luz, por que ele ainda não tinha acabado de fazer o "back" dele.

Estava eu em um congresso em MS (Mato Grosso do Sul) e a galera como sempre fumava dia e noite, vi uma rodinha fumando bem de frente o refeitório na hora do almoço, como se fumassem cigarro normal, chegou dois guardinhas, e eu só observando a cena, pensei agora eles vão levar uma bronca daquelas, achei que os guardas iam mandar apagar, sei lá!
Os guardas disseram:
- Por favor, vocês podem fumar do outro lado, por que aqui tem crianças perto!

Fui de Uberlândia-Mg até Ouro Preto-Mg (cerca de 600 km) tomando anador, pq o cheiro me da dor de cabeça e o povo fumava tanto dentro do ônibus, não contentes em fumar maconha, ainda acendiam um monte de incensos, tudo ao mesmo tempo, com as janelas fechadas, uma hora a policial parou o ônibus com aquele tanto de cigarro de maconha aceso, o policial obvio que sentiu do cheiro e só perguntou o destino e liberou rindo ainda!

Episódios como esses tenho de monte para contar, fora os não universitários!
Sou adepta ao jargão, "Sua cabeça, seu guia"!

novembro 06, 2003



Piercing e Tatuagem
Andei olhando algumas coisas sobre tatuagem, e achei um artigo americano dizendo uns absurdo sobre a relação comportamental com tatuagens, bem preconceituosa! Depois coloco o link aqui... perdi ele nesse momento.
A tempos eu quero fazer uma tatuagem, mas nunca tomava a iniciativa de procurar um lugar legal, um desenho legal, desde o começo da faculdade encanei que queria fazer uma tatuagem no pé.
No pé por que ninguém vai ficar olhando no meu pé, por que é fácil de esconder, já que é uma realidade o preconceito.
Ano passado coloquei um piercing na minha orelha esquerda, só que nessa orelha, mão ficou legal!
A uns 3 meses desencanei do tal piercing e tirei, isso depois de sofrer muitos dias com uma dorzinha chata!
No domingo encontrei a mãe de um amigo meu e ela me contou que o danado estava trabalhando com isso (esse meu amigo morou fora uns 3 anos e acreditem.. eu tinha mais contato com ele qdo morava fora do q agora que moramos na mesma cidade), não tive dúvidas, na segunda liguei e marquei um outro piercing...
Lá fui eu furar a orelha certa agora! Vi umas tatuagens que gostei muito de uma e puf... já marquei para o outro dia! (no caso ontem)!
E agora, tenho um straz na orelha, um jardim com uma borboleta no pé!!
A orelha não doe nem na hora de furar nem depois... meu amigo é perfeito!
Já a tatuagem......
O q interessa é q estou super feliz! Ficou super delicado!
Um outro amigo me disse em tom bem sarcástico que todos devem fazer uma extravagância ao sair da adolescência!
Ou será um resgate da adolescência, uma tentativa de rejuvenescer!!
O que é eu não sei, só sei que meu pai não percebeu até agora e eu é que não vou mostrar!! Rs rs rs rs
Existe uma atitude mais adolescente que essa??!?!?
E eu fico dando risada!!

outubro 30, 2003



"Árvores são poemas que a terra escreve,
para o céu. Nós as derrubamos e
as transformamos em papel
para registrar todo nosso vazio".
(Khalil Gibran)


Monólogo Mudo

Uma menina que não sabia falar, escrevendo era melhor, escrevia pra se mesma sempre, escrevia muitas vezes seus segredos, mas isso não tinha importância, pois ninguém lia.
Por não falar era presa a seus próprios pensamentos muitas vezes devaneios. Tinha problemas como todo mundo e sabia que as respostas estavam nos mesmo, só não sabia como começar a procurar ou será que já sabia as respostas!?
Carinhosa e amável, altruísta, por vezes áspera e egoísta.
Acreditava demais naquela força superior, mas vivia em meio a pontos de interrogação e tinha muitos "porquês", porque de acontecimentos, perdas, mas ainda assim não deixava de acreditar.
Acreditava porque tinha coisas boas entre as ruins, ela só não sabia falar, e às vezes tinha olhos inundados e madrugadas longas demais!
Depois das madrugadas o sol nascia como todos os dias e ela colocava sua máscara sorridente e saia com um monte de gente!
Tudo isso por que a menina falava demais!

outubro 25, 2003



...Vou transformar o seu rascunho em arte final...
...Fecho os olhos pra te ver você nem percebe...
...Eu sei de quase tudo um pouco e quase tudo mal...
...Tá ficando tarde no meu edredon...
...Por que não eu?...
...Tenho mil motivos prá você me suportar ...
...Será que alguma coisa nisso tudo faz sentido...
...Agora você vai embora e eu não sei o que fazer...
...Mas é certo que eu seria sempre sua...
...Ainda encontro a fórmula do amor...
...O que foi que aconteceu nesse mundo masculino ...
...A solidão é meu passatempo e o sol despertador...
...Ainda guardo um retrato antigo...
...Um dia um caminhão atropelou a paixão...
...Posso fingir que não sou inteligente...
...Com você me sinto imortal...
...Não deixe de cruzar o seu olhar com o meu...
...Eu vou rezar, ligar o rádio, ficar invisível...



Ontem fui no show do Kid Abelha, fui sem muita expectativa quanto ao show, por que curto as músicas, mas todos os shows que já fui do kid sempre achei ela ( Paulo Toller) péssima, estrela no ultimo, estressada e pouco simpática, mas me surpreendi dessa vez, ela foi muito simpática, conversou com a moçada, fez graças... esqueceu a letra da música e morreu de dar risada... foi de uma simpatia impar!
Foi muito bom o show!
As bandas dos anos 80, acho q serão sempre boas!

outubro 24, 2003

Estrelas foscas

Já escrevi uma vez sobre isso, mas me referia a "estrelas" acadêmicas...
Aqueles caras com um currículo extra, mas que se contentam e ter só isso, não fazem questão da simpatia dos outros, suas pesquisas são sempre as "melhores", trabalhos de outros pesquisadores estão sempre na mira de suas críticas, alunos e estagiários não são nada, lugar ao céu, só o deles!
Nessas minhas andanças na net tenho percebido que poucos são os colunistas famosos que deixam o e-mail no final da coluna ou quando deixam é um e-mail do caderno, ou seja, no geral!
Outros colunistas menos famosos, pelo ao menos aos leigos como eu, alguns até deixam o e-mail lá, caso o leitor queira se comunicar com ele!
Será que a opinião do leitor não tem valor aqueles que já "conquistaram seu lugar no céu", será mesmo que eles são as únicas pessoas ocupadas que tem suas caixas de mensagens lotadas?!?!
Vai saber, né??!!?

outubro 19, 2003

"...É, a vida é assim, o tempo passa
E fica relembrando
Canções do amor demais
Sim, será mais um, mais um qualquer
Que vem de vez em quando
E olha para trás..."


A carta que não foi mandada
Vinicius de Moraes / Toquinho


outubro 15, 2003

FÁBULA DA CONVIVÊNCIA

Durante uma era glacial, muito remota, quando parte do globo terrestre esteve coberto por densas camadas de gelo, muitos animais não resistiram ao frio intenso e morreram indefesos, por não se adaptarem às condições do clima hostil. Foi então que uma grande manada de porcos-espinhos, numa tentativa de se proteger e sobreviver, começou a se unir, a juntar-se mais e mais.
Assim, cada um podia sentir o calor do corpo do outro. E todos juntos, bem unidos, agasalhavam-se mutuamente, aqueciam-se, enfrentando por mais tempo aquele inverno tenebroso. Porém, vida ingrata, os espinhos de cada um começaram a ferir os companheiros mais próximos, justamente aqueles que lhes forneciam mais calor, aquele calor vital, questão de vida ou morte. E afastaram-se, feridos, magoados, sofridos. Dispersaram-se, por não suportarem mais tempo os espinhos dos seus semelhantes.
Doíam muito...
Mas, essa não foi a melhor solução: afastados, separados, logo começaram a morrer congelados. Os que não morreram voltaram a se aproximar pouco a pouco, com jeito, com precauções, de tal forma que, unidos, cada qual conservava uma certa distância do outro, mínima, mas o suficiente para conviver sem ferir, para sobreviver sem magoar, sem causar danos recíprocos.
Assim suportaram-se, resistindo à longa era glacial.
Sobreviveram.

Algumas coisas são fáceis...
trocar as palavras,caminhar lado a lado,beijar,apertar as mãos, sentir o amor.

Outras são difícies...
interpretar os silêncios,saber como se encontrar,chegar ao coração, reter seu calor, conter a sua torrente.


outubro 09, 2003

... Por que sempre penso, com muita estranheza aliás, que talvez a vida seja a morte e quando morre acorda e vive, com medo de morrer, quer dizer, de tornar a viver...
Clarice Lisperctor


Estou fora do ar uns tempos, resolvendo alguns probleminhas de saúde e também da profissão!!
Eeeehhh vidinha enrolada essa minha!!
Mas tá bom... caminhando e cantado!! Aliás, se cantada é bem melhor!!! rs rs rs rs

outubro 03, 2003




Rosa Contra o Câncer

Reconhecido pela Estée Lauder Companies como importante monumento
mundial, o Segunda Pele está honrado em juntar-se a outros marcos do mundo
real, como o Empire State, as cataratas do Niágara e a Torre de Pisa,
para promover a conscientização e apoio na luta contra o câncer de mama.

Neste primeiro de outubro, alguns dos maiores monumentos do mundo
tiverão uma iluminação cor-de-rosa. Primeiras-damas de diversos países
iniciarão esta cerimônia que "pintará" a importância da educação sobre o
câncer de mama e da busca incessante por sua cura.

O câncer de mama é a forma mais comum de câncer na mulher. Este ano,
192.000 novos casos serão diagnosticados somente nos Estados Unidos.
Alguém que você conhece pode ser afetado.

Durante o mês de outubro as campanhas contar o câncer de mama serão
intensificadas, o Segunda Pele mais uma vez entra nessa espero que todos
divulguem de alguma forma essa campanha, que é de extrema importância.
Vou republicar alguns posts sobre o assunto!


DIVULGUEM!!!!

setembro 28, 2003



OS INCRÉDULOS EM NOSSAS VIDAS!

Era uma vez uma corrida ... de sapinhos!
O objetivo era atingir o alto de uma grande torre.
Havia no local uma multidão assistindo.
Muita gente para vibrar e torcer por eles.
Começou a competição. Mas como a multidão não acreditava que os sapinhos pudessem alcançar o alto daquela torre, o que mais se ouvia era: "Que pena!!! Esses sapinhos não vão conseguir. Não vão conseguir."
E os sapinhos começaram a desistir. Mas havia um que persistia e continuava a subida, em busca do topo.
A multidão continuava gritando:
"... que pena!!! - Vocês não vão conseguir!"
E os sapinhos estavam mesmo desistindo um por um, menos aquele sapinho que continuava tranqüilo, embora cada vez mais arfante.
Já no final da competição, todos desistiram - menos ele.
A curiosidade tomou conta de todos.
Queriam saber o que tinha acontecido...
E assim, quando foram perguntar ao sapinho como ele havia conseguido concluir a prova e, aí sim, conseguiram descobrir que ele era surdo!
Não permita que pessoas com o péssimo hábito de serem negativas, derrubem as melhores e mais sábias esperanças de seu coração.
Há poder em nossas palavras e em tudo o que pensamos, portanto, procure sempre ser positivo.
Resumindo: Seja "surdo" quando alguém disser que você não pode realizar seus sonhos.

setembro 21, 2003

Volta...

Bom demais, ficar uma semana fora da rotina, conhecer novas pessoas, novos lugares, novas opiniões!
Lá estava um frio danado, mas como eu já sabia que lá era frio, por que da outra vez que estive lá fiz curso para pingüim, de tanto frio que passei, dessa vez fui prevenida, levei uma gigante mala!!!
A semana fui muito corrida, nossa sem tempo para nada!!
Embora cansativa, mas boa demais, uma semana desligada da minha rotina, uma semana em problemas, uma semana só de risadas, e recheada de conhecimentos, aliás, quanto mais estudo, mais vejo que não sei nada!
Valeu a pena sacudir 13 horas dentro de um ônibus!!
Fui sozinha, uma hora depois que entrei no ônibus, já conhecia a metade dele!! Rs rs rs rs
Lá fiquei em um hotel que odiei, mas como tinha conhecido uma moça que estava indo também para Lavras, e ela havia me dito que ia ficar em uma pensão, resolvi ir atrás da tal pensão, resumindo, mudei de estadia, acabei conhecendo gente de todo o Brasil, todos os sotaques representados!
Foi bom demais!!
Tirando a quinta feira que eu fiz o favor de ir a uma boate no show do Wilson Sideral e por conta disso eu acho q sai mal na prova de sexta!!
Mas agora não tem jeito de voltar atrás, mas valeu de lição!!
Estou de volta...
Amanhã é segundona e a vida real esta de volta!!!

setembro 14, 2003



Estou indo viajar...
Vou para Lavras-Mg, para minha pós-graduação...
Um encontro muito esperado, expectativa de produtividade total...

Sexto sentido, esta me dizendo algo, mas como sempre não sei bem o que ele quer dizer, o que sei é que esse aperto no coração eu já conheço!!!!!

Bom...
Estarei uns dias fora...
Como sempre, vou às 6 da manhã e uma hora dessas e eu ainda nem fechei minha mala e estou aqui escrevendo post, vê se pode?!?!



setembro 10, 2003

Uma daquelas emocionantes histórias tristes


Era menino
E ela não via.
Passavam pássaros e tempo,
E ela não vinha.

Vinhos em bebedeiras,
Cravos e espinha,
E ela não vinha.

De tanto tempo,
No tempo ele veio
E ela não viu.

Era apaixonado,
Dos completamente loucos,
E ela talvez fingisse
Que não via.

Era homem
De temores meninos
E ela não via.

Era criança
Com ambições de homem,
E ela não via.

Era louco de delírios.
E ela olhava.
De longe,
Longe...

Deu a ela
A condição de estrela.
Fulgor de suas alucinações.

Ela brilhava distante.
Ele, servo de luz,
(Des)Esperava.

A noite passou,
Ela se foi com a manhã,
Ele morreu.
De tanta escuridão.

Um sol nasceu, que sóis nunca se negam.

Costa Abrahão


O sol nasceu e "deu os ombros" !

setembro 03, 2003

Dia do Biólogo



Dr.Geraldo Mendes dos Santos

Nessa data festiva de 03 de setembro, em que se comemora o dia do Biólogo, evoca-se o senso de alegria, confraternização e dignidade.

É hora do preito à profissão, fé no trabalho, esperança no conhecimento e respeito ao próximo.

É também o momento de reassumir compromissos pessoais, sem se esquecer jamais dos interesses comuns e do bem-estar social.

É hora inadiável de perceber que o mundo físico, biológico e psico-social funciona de modo sistêmico e integrado, havendo necessidade de uma atuação conjunta e constante em prol da cidadania, da ética e do equilíbrio ecológico.

Oriunda dos confins da história, quando os homens começaram a indagar sobre si mesmos e o mundo à sua volta, passando por momentos marcantes, sobretudo a partir da implementação da técnica e da lógica, a Biologia chega aos tempos atuais com a marca da tradição, sem ter perdido sua essência criativa, inovadora e vigorosa.

É com muita razão e orgulho, portanto, que prestamos nosso reconhecimento à essa ciência magnífica e os aplausos aos ilustres Biólogos.


setembro 01, 2003

Pense em mim...
"Se vocês me ama, não chorem.
Se vocês conhessem o mistério insondável, se vocês pudessem ver e sentir o que eu sinto e vejo do céu, onde me encontro... nesses horizontes sem fim, e nesta luz que tudo alcança e penetra, vocês jamais chorariam por mim.
Estou agora absolvida pelo encontro de Deus, pelas expressões de infinita beleza.
Em confronto com esta nova vida, as coisas do tempo passando, são pequenas e insignificantes.
Conservo ainda todo meu afeto por vocês e uma ternura que jamais lhes pude, em verdade, revelar.
Amamo-nos ternamente em vida, mas tudo era então muito fulgaz e limitado.
Pense em mim assim. Nas suas lutas pensem nesta maravilhosa morada, onde não existe morte e onde juntos viveremos no enlevo mais puro e mais intenso, junto a fonte inesgotável da alegria e do amor. Se vocês verdadeiramente me amam, não chorem mais por mim.
Estou em paz!"


É isso...
Chorar faz bem vez ou outra, mas lamentar não!!
Se é verdade que cada um tem uma missão aqui nesse nosso mundinho, por que lamentar se essa pessoa cumpriu a sua!!
Acho que questionar, ficar sempre com os "por quês" sem resposta na cabeça, é natural de todo ser humano, procurar respostas sempre vamos!!
Se tem uma lição que aprendi nesses últimos dois meses (com a perda do meu amigo Maranhão e agora da Ju) é que não da mesmo para ficar guardando afeto, que esses lhes sejam expressados em vida, hoje agora....
Por que da vida nada se sabe o amanhã é um mistério e é bom dizer as vezes, EU GOSTO, EU AMO, EU ADMIRO, EU SINTO e etc...
Quando é de coração é bom falar, é bom ouvir também!!





agosto 28, 2003



Estou tento uma semana estranha...
Ao mesmo tempo super feliz por algumas pessoas que tanto gosto...
Mas é isso, a vida continua e não da para perder tempo até mesmo porque não sei quanto tempo eu tenho!!

agosto 24, 2003

A morte é algo que ninguém pode escapar. A morte é o passo seguinte da vida, da mesma forma que o dia se transforma em noite, o outono em inverno ou a juventude em velhice. As pessoas se preparam para não sofrerem no inverno que virá; se preparam para não sofrerem na velhice; mas poucas são aquelas que se preparam para a maior das certezas: a morte!
Daisaku Ikeda

É apenas isto: se você vai ser humano, tem um monte de coisas no pacote. Olhos, um coração, dias e vida. Mas são os momentos que iluminam tudo. O tempo que você não nota que está passando... é isso que faz o resto valer." (Morte dos Perpétuos)

Hoje tem mais uma estrela no céu...
Estrela essa, que por vezes se ofuscava, por seus conflitos, por falta de compreensão de uma pessoa tão amada,
mas o brilho estava lá, o brilho de uma pessoa tão inteligente, empreendedora, no seu jeito simples de ser, no seu sorriso curto mas iluminado...
Hoje a Ju se foi...
De maneira tão inesperada e violenta.
Mas fica varias lembranças, entre elas a noite de quinta feira (na qual ela me deixou plantada em casa esperando por 2 horas), fomos para o aniversário de um amigo e lá ela toda sorridente leu uma cartinha (de sacanagem, é claro!!!) para o aniversariante e transmitiu a graça daquelas palavras ali escritas!!




agosto 20, 2003



Ontem fui a um concerto musical, foi muito legal...
Resolvi essa semana fazer passeios culturais e já fui ao concerto, fui a duas exposições de arte, me inscrevi em um curso de fotografia...
E essa semana to rindo a toa!
Uma alegriazinha constate, que não esta se abalando com o mau humor alheio!!
Ai... tenho tanta coisa para escrever, mas também estou "atolada" de coisa para fazer, estudar, meio sem tempo!!!
Com pouco tempo e mais boba alegre que nunca!!!

agosto 13, 2003

Minha semana...

Minha semana foi ótima!!!!
O congresso foi muito bom, muito produtivo, conheci muita gente graças ao meu grande mestre (um dia conto essas historia aqui)!!!!
Como sempre, vi trabalhos, pesquisas que nunca imaginei que existisse...
Curti algumas festinhas, deu muita risada!!!!

Presente velho com fita nova

E o melhor de tudo da semana, foi que ganhei um velho presente, um presente muito especial, querido, amado, que de tão amado, se escondeu!!!
Escondeu-se de maneira que pudesse ser encontrado, mas não deixou vontade alguma para procurá-lo.
Mas como tudo que é mal resolvido e importante sempre volta, reapareceu meu velho presente, voltou para esclarecer um mal entendido e colocar um ponto final.
Colocado ponto final, podemos recomeçar...
Recomeçar é sempre empolgante, sempre mais sincero, quanto se recomeça sempre se tenta corrigir erros, temos como único objetivo os acertos!!
O presente continua velho, mas com um brilho cada vez mais especial e intenso e que não há de se ofusque nunca!!

agosto 04, 2003


Não abandonei o blog não, é que estava cheia de atividades !!!
Passei uns dias fazendo um programinha "ecologicamente correto" com uma moçadinha, depois fiquei sem computador uns dias, pra variar estraguei tudo!!
Sai, me diverti, estudei, enfim vivi bem nos últimos tempos!!!
E amanhã tenho congresso brasileiro de fitopatologia, vou ficar a semana inteira em meio aos caras mais shows da área no Brasil e vou me divertir muito!!
Quem sabe na agenda de Deus ele marcou alguma coisa pra mim nesse evento, positiva é claro!!!
Enquanto não sei da agenda de Deus, eu vou vivendo por ai, fazendo minha própria agenda, com alguns compromisso secretos !!!!

julho 15, 2003

AMIZADES HETEROSSEXUAIS

Alguém num dia de mau humor decretou: amor tem que ser heterossexual e amizade tem que ser homo: mulher com amiga mulher e homem com amigo homem. As mulheres preferem outras mulheres para dividirem suas receitas, fofocas e passeios no shopping e homens preferem outros homens para tratar de questões filosóficas como futebol, loiras e carros.

Confesse: essa introdução deixou você se sentindo com 200 anos de idade. A revolução sexual já atingiu as amizades também, e homem e mulher podem muito bem ser apenas bons amigos. Quem vai negar?

Muitos negam. Dizer que não existe amizade entre homem e mulher já virou um chavão, e o mundo das artes não contribui para mudar essa idéia fixa. Quase não se vê homens amigos de mulheres nas telas do cinema, nos poemas, nas letras de música. Ou somos amantes ou nada. No filme O Casamento de Meu Melhor Amigo, o personagem de Julia Roberts tinha dois leais escudeiros: um era uma paixão que ela pretendia reaver, o que já não dá para chamar de amizade, e o outro era gay. Aí pode.

Se um homem convida uma mulher para um bate-papo num bar, e apenas isso, bingo: é veado. É a única amizade que convence entre sexos opostos. As mulheres realmente se relacionam às maravilhas com homossexuais, até porque vivemos numa sociedade machista, onde muitos homens pensam que ter um amigo gay depõe contra sua virilidade. Sendo assim, os homossexuais identificam-se mais com a sensibilidade das amigas do que com a insegurança dos bofes.

Mas existe, sim, amizade entre homem e mulher, sem segundas nem terceiras intenções. O sexo ronda nossas cabeças, mas nem sempre se impõe. Um homem pode conhecer uma mulher no local de trabalho, na sala de aula ou numa excursão e virar companheiro de boas risadas, sem meter a cama no assunto. Não precisam ficar grudados dia e noite para estabelecerem um relacionamento de confiança e afinidades, e o sentimento pode sobreviver com a troca de idéias em vez de troca de beijos.

Basta de tabus nesse mundo já tão careta. Homens e mulheres podem e devem experimentar relacionamentos sem malícia, ir juntos ao cinema sem agarrar-se no meio do filme e dançar a noite inteira sem pintar um clima. Podem ir juntos numa livraria, num estádio de futebol, num show de rock. Será igual a uma amizade com alguém do mesmo sexo? Não, e é justamente aí que está o seu fascínio. Eu tenho excelentes amigos homens e não abro mão deles. Só não me peçam para ser amiga do George Clooney.

Martha Medeiros é autora de vários livros, entre eles Geração Bivolt, de 1995 e Topless, de 1997.

Gosto da forma simples que ela apresenta vários temas e sempre vou postar aqui seus texto antigos que mais gosto e comentarei um pouco sobre cada tema.

AMIGO DE MULHER CABELEREIRO?

Sempre tive mais amigos homens que mulheres e acho meus amigos todos lindos e nenhum deles é cabeleireiro (rs) !
E acho que isso sempre me fez muito bem , embora eu perto deles sou homem, também por que escuto o que devo e o que não devo.
Acho isso muito enriquecedor pois conversamos sobre todos os assunto imagináveis e dependendo do amigo os assunto inimagináveis também!!!
É bem legal saber o lado masculino sem nenhum joguinho!
Mas amo todos eles !

Publiquei post em 02/09/2002 e agora resolvi republicar...

O mais engraçado é que algumas pessoas não entendem que uma declaração como essa pode ser despretensiosa, sem segundas intenções!!!
Mais engraçado ainda é ver como isso assusta as pessoas!!!





julho 10, 2003



O texto abaixo ´de autoria de Debora Böttcher, e vc encontra ela nesses endereços abaixo:

http://www.senhoritad.com.br/ - Senhorita D
http://expressoesletradas.blogspot.com/ - Blog Pessoal
http://crondia.blogspot.com - Crônicas Diárias
http://www.femininoplural.com.br/artemis/ - Fórum de Mulheres Artemis
http://www.historiasescritas.blogger.com.br/ (em recesso)


"No fundo, somos apenas isso: GENTE.
E Gente tem dor de barriga, de cabeça e muitos problemas mesmo. Tem
gripe, fica doente seriamente, sofre acidentes, incidentes, e se recupera - ou não.
Gente morre...
Mas tem muito riso, tem alegria, tem coisas boas pra contar.
Gente é ocupada, trabalha duro, tem contas sem fim pra pagar.
Gente tem perdas, muita ausência, muita saudade. Gente chora...
Gente tem histórias de vida muito parecidas, muito distintas, muito simples, quase iguais... Tem memória, lembranças, sombras...
Gente anda pelo caminho do meio, anda pelo caminho da ponta direita, da ponta esquerda, à margem. Muitas vezes, por nenhum caminho.
Gente procura saídas, encontra entradas, se perde em atalhos.
Gente sente raiva, irritação, grita, se aborrece e perdoa. Compreende... Esquece...
Gente tem medo, tem esperança, tem desejo, sonhos, ambições, buscas infindáveis.
Gente tem desilusão, desencanto, incompreensão. Tem sua única verdade.
Gente tem poesia e palavras duras. Gente mente, ilude, fere, magoa e marca...
Gente trai... Faz intrigas...
Gente escreve sobre assuntos sérios e sobre banalidades.
Gente canta, toca, inventa música ou só ouve.
Gente desenha, pinta, rabisca, estraga tinta e tela e pendura na parede, orgulhosa.
Gente cria e destrói...
Lê o que interessa e o que interessa pouco ou nem tanto. Às vezes, não lê nada...
Gente gosta de muitos, só de alguns, de nenhum, mas vive entre todos.
Gente gosta de animais... Cachorro, papagaio, peixe, tartaruga, gato...
Gente tem virtudes, defeitos, manias, temperamento suave, rude, grosseiro, tranquilo.
Gente tem passado...
Usa batom vermelho, muda a cor dos cabelos, pinta as unhas: Gente é vaidosa.
Às vezes, se tranca no quarto, se tranca em si, não quer mais viver: Gente tem depressão.
Gente seduz, joga charme, envolve... Muda de idéia, se engana...
Gente se une, se separa, abandona, se apaixona, ama, deixa de amar... e ama de novo... Gente recomeça...
Gente é tudo isso e mais um tanto: na simplicidade complexa do ser, Gente somos nós. Que concorda, discorda, deixa passar ou leva tudo a ferro e fogo...
Gente tem um tempo próprio que, eventualmente, não fica em sintonia com o tempo das outras Gentes.
Mas Gente unida tem força... Tem uma contradição que se nivela e dá o tom: cumplicidade...
Sabemos todos falar sério, mas Gente não precisa disso o tempo todo. Pelo contrário: Gente precisa de balanço, feito barco no mar. Afinal, Gente é barco no mar...
Gente precisa de equilíbrio - riso e lágrima, dor e alegria -, pra não enlouquecer, ainda que tenha uma loucura enrustida.
Gente precisa de liberdade... Dos passos, da expressão, do espaço, da alma... Voar permanecendo no mesmo lugar...
Tudo isso... E só isso e muito mais..."

julho 06, 2003

Imagine que você esta à beira mar e você vê um navio partindo.
Você fica olhando, enquanto ele vai se afastando, cada vez mais longe até que finalmente, parece apenas um ponto no horizonte. Lá, onde o mar e o céu se encontram.
E você diz: "Pronto, ele se foi" Foi pra onde?
Foi a um lugar que sua vista não alcança. Só isto. Ele continua tão grande, tão bonito e tão importante como quando estava perto de você. A dimensão diminuída está em você, não nele. E naquele momento em que você está dizendo "Ele se foi", há outros olhos vendo-o aproximar-se e outras vozes exclamam com júbilo: "Ele está voltando"
(Henry Sobel)

Contrastes...

Essa semana foi muito difícil, mas passou voando, os dias foram longos e curtos ao mesmo tempo, mas passou...
Ontem depois vários convites recusados, resolvi ir a um barzinho bem estilo universitário e claro eu meio sem rumo, meio sem graça, nada animada, com 1000 coisas na cabeça e de repente, comecei a encontrar um monte de gente conhecida, antigos amigos de faculdade, antigos "casos" e todos me abordavam com um sorriso no rosto seguido de um grande abraço e cada um contando como estava a vida, começamos a nos lembrar de dos tempos de faculdade, nossas viagens e etc...
Engraçado isso, fiquei pensando nos constastes, nessa tão louca coisa que chamamos de VIDA, amigos, família, trabalho, objetivos traçados, objetivos alcançados, saúde, alegria, tristeza, riso, choro, desejos, amor, solidão, realização, decepção, angustia, ansiedade, defeitos, virtudes, morte,nascimento, sonhos etc...
Um quebra cabeça do qual somos "nós" que moldamos as peças, mas quase nunca sabemos como encaixa-las!
Hoje foi uma dia estranho, mas foi tão linda a missa, claro nos emocionamos, mas é assim....
Tenho um lema, de que o sol nasce todos os dias independente mim ou de qualquer outra pessoa, mesmo em dias nublados e chuvosos, pode procurar que ele está lá, escondidinho mas esta, o que quer dizer que a vida continua e essa é uma só (até q me provem o contrário), mesmo que exista outras vidas eu é que não vou esperar para saber...
Bom... amanhã é segundona e eu estou com a vida atrasada!!!




julho 02, 2003

Uma estrelinha a mais

Reencontro de velhos amigos que a muito não via, não abraçava, apenas tocávamos um e-mail ou outro, um telefonema ou outro, a vida de cada um foi mudando, tomando um rumo, os quilômetros aumentaram para alguns.
Distancias que se encurtaram, não por ser feriado, não por ser final de semana, não por motivo de festa, não pelos nossos carnavais juntos, nossas cachoeiras, nossas noitadas, nossas butecadas, por nenhum desses motivos, mas sim pela partida de um amigo que Deus levou tão cedo, tão jovem, uma pessoa linda por dentro e por fora, talvez o mais carinhoso da turma, estudioso, que adorava esportes, mas que a menos de 15 dias, descobriu estar com leucemia e tudo aconteceu rápido demais.
O que acontece depois que morremos,eu não sei, mas eu sei o que fica e sinceramente, não sei lidar com isso nem um pouco...
As lembranças são mais fortes agora, aquela risada mais gostosa, aquela covinha na bochecha, as historias engraçadas que vivemos juntos, as frias que ele me colocava por conta de suas paqueras(os meninos o chamavam de Bico Doce), meu parceiro de falsa (acreditem em todas as formaturas nós dançamos a falsa juntos), pela paciência de ter um dia inteiro de aulas cansativas na faculdade (cursava engenharia) e ainda assim ter um bom humor e disposição para me ensinar física geral e experimental (se não fosse por ele estaria em dependência até hoje na faculdade), ter a maior boa vontade do mundo quando eu chegava desesperada com um resumo de congresso cheio de termos técnicos de biologia e ele sentava e fazia meu abstract , rindo da minha maluquice, do meu desespero e me dizia que eu não tinha jeito!
Estou aqui entre mmmmmuuuuiiiiiiittttaassssss fotos dos velhos tempos e a cada minuto mesmo com olhos inundados não deixo de soltar uma ou outra risada, só guardo comigo momentos felizes e é assim que o guardarei para sempre, fica na memória e no coração a imagem de um mocinho que em anos jamais vi destratando uma única pessoa se quer, que tinha sempre um sorriso no rosto e um abraço carinhoso!
Hoje não teve fotos, os risos foram medidos e agora falta uma parte...
O céu agora tem uma estrelinha a mais!!!
Estrelinha essa que aqui chamávamos de Paulo, Maranhão, Bico e que estará sempre presente de alguma maneira!!




junho 28, 2003



Hoje é Meu Aniversário!!!!

junho 26, 2003

Quem paga a conta???!!?

Não sou do tipo que levanta bandeira do feminista de maneira alguma, sou até muito machista às vezes.
Mas como mulheres podem querer direitos iguais, independência se ainda dependem dos homens para bancar sua diversão?!?!?!?!!?
Tudo bem, ainda precisa dos homens, para trocar o gás, a lâmpada, arrumar o encanamento, pintar a casa, entre outras coisas, precisamos principalmente para fazer umas “coisinhas” que adoramos e que só eles podem fazer!!!
Tenho uma “amiga” que se diz muito independente, por que mora sozinha, tem carro, uma profissão de status, mas sai de casa sem bolsa para não ter que pagar a conta!! Independência ludibriada essa, né?!!
Os homens crescem ouvindo que têm de ser fortes e nos dias atuas dinheiro é um símbolo de força, tem alguns que dizem que quando pagam a conta se sentem explorados, outros se a mulher quiser pagar se sentem ofendidos, depois dizem que mulheres é que são complicadas!!!!!
Mulheres de verdade dividem conta, sim, e às vezes, pagam a conta toda e outras vezes, aceitam uma gentileza, deixando o “cara” pagar.
Eu, como toda mulher (claro, tenho umas que são meio as avessas), adoro homem gentil que abre a porta do carro, que deixa a mulher passar primeiro, entre outras coisinhas e que paga a conta VEZ OU OUTRA e que deixem que eu pague vez ou outra também!!!
Detesto brigar para pagar a conta, homens detestam que mulheres briguem para pagar a conta!
Consenso é bom sempre!!
Alguém bem que poderia inventar um protocolo a ser seguido nesse caso!!

junho 22, 2003




HELP!!!!
Se alguém que por aqui passa quiser me dar uma ajudinha com meus arquivos eu agradeço muito!!!
Desde que mudei o meu template, meus arquivos não republicam...

junho 18, 2003


Pipoca

A origem exata é desconhecida. O que se sabe é que, muito antes de Colombo descobrir a América, os índios do norte do continente já comiam pipoca. Eles começaram a fazê-lo com a espiga inteira colocada num espeto e levada ao fogo. Depois, passaram a jogar os grãos soltos diretamente em fogo baixo. Havia um terceiro método, mais sofisticado, que consistia em cozinhar o milho numa panela de barro cheia de areia quente. O resultado é sempre o mesmo: os grãos de milho explodem. Isso acontece porque o grão contém água em seu interior. A explosão da pipoca nada mais é que a expansão do vapor de água dentro do grão.

Hoje em dia dificilmente você vai encontrar uma pipoca que não pode ser considerado um alimento transgênico, chances quase nulas!!
Eu acho que tem gente que não vai querer comer pipoca por um bom tempo, né Volnei!!!

Ontem fui no cinema de verdade!!! Inédito isso!!!
Fui assistir o tal Matrix...

junho 16, 2003

Aquelas pessoas

Aquela pessoa com quem divide uma porção de coisas:
segredos, tristezas, alegrias, conquistas, frustrações, medos, duvidas, raiva por ter ouvido um não, que você conta com um sorriso bobo dobre sua última paixão, que você conta aquela sua vontade mais absurda de todas, que esta sempre te dando um toque, por vezes uma bronca, fazendo um elogio, incentivando e que tem um monte de defeitos mas com o tempo você começa a rir deles, como se fosse uma qualidade vista de maneira deferente, que te da terra quando você precisa de porto seguro, que te dá céu se é isso que te falta, que fica furioso por enxergar seus erros enquanto você não vê, que te dá uma "cutucada"no meio de uma mesa de chop, que é sincero com você, mesmo que para isso tenha que tremer antes de dizer o que quer, que nos são tão preciosas e caras, que aparecem no decorrer dos anos e que vamos colecionando, guardando dentro de nós em um lugarzinho bem especial assim como elas!
O tempo passa, a vida muda , mas essas pessoas tão especiais continuam lá naquele mesmo lugarzinho!!!

a.mi.za.de
s. f. 1. Sentimento de afeição. 2. Estima. 3. Benevolência, bondade.

a.mi.go
adj. 1. Que tem gosto por alguma coisa; apreciador. 2. Aliado, concorde. 3. Caro, complacente, dileto, favorável. 4. Dedicado, afeiçoado. S. m. 1. Indivíduo unido a outro por amizade. 2. Colega, companheiro. 3. Amador. 4. Amante, amásio. 5. Defensor, protetor. 6. Partidário, simpatizante. 7. Aliado. Sup. abs. sint.: amicíssimo.

junho 11, 2003

SACANAGEM

Esta é a semana dos namorados, mas não vou falar sobre ursinhos de pelúcia nem sobre bombons. É o momento ideal pra falar de sacanagem.

Se dei a impressão de que o assunto será ménages à trois, sexo selvagem e práticas perversas, sinto muito desiludí-lo. Pretendo, sim, é falar das sacanagens que fizeram com a gente.

Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é racionado nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais rápido.

Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um", duas pessoas pensando igual, agindo igual, que isso era que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável.

Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Ninguém nos disse que chinelos velhos também têm seu valor, já que não nos machucam, e que existe mais cabeças tortas do que pés.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que poderíamos tentar outras alternativas menos convencionais.

Sexo não é sacanagem. Sexo é uma coisa natural, simples - só é ruim quando feito sem vontade. Sacanagem é outra coisa. É nos condicionarem a um amor cheio de regras e princípios, sem ter o direito à leveza e ao prazer que nos proporcionam as coisas escolhidas por nós mesmos.

Marta Medeiros

Ela falou tudo...

junho 08, 2003


Plantar

Há muito tempo atrás, uma menina chamada Yang se casou e foi viver com o marido e a sogra.
Depois de alguns dias, passou a não se entender com a sogra.

As personalidades delas eram muito diferentes, e Yang foi se irritando com os hábitos da sogra que freqüentemente a criticava.

Meses se passaram e Yang e sua sogra cada vez discutiam e brigavam mais.

De acordo com antiga tradição chinesa a nora tinha que se curvar para a sogra e a obedecer em tudo.
Yang já não suportando mais conviver com a sogra, decidiu tomar uma atitude e foi visitar um amigo de seu pai, que a ouviu e, depois, com um pacote de ervas lhe disse:

- Você não poderá usá-las de uma só vez para se libertar de sua sogra porque isso causaria suspeitas. Vou lhe dar várias ervas que irão lentamente envenenando sua sogra. A cada dois dias ponha um pouco destas ervas na comida dela. Agora, para ter certeza de que ninguém suspeitará de você quando ela morrer, você deve ter muito cuidado e agir de forma muito amigável. Não discuta o que eu digo e ajudarei a resolver seu problema; mas você tem que me escutar e seguir todas as instruções que eu lhe der.

Yang respondeu:

- Sim, Sr. Huang, eu farei tudo o que o que o senhor me pedir.

Yang ficou muito contente, agradeceu ao Sr. Huang e voltou apressada para casa para começar o projeto de assassinar a sua sogra.

Semanas se passaram, e a cada dois dias Yang servia a comida "especialmente tratada" à sua sogra.

Ela sempre lembrava do que Sr. Huang tinha recomendado sobre evitar suspeitas, e assim ela controlou o seu temperamento, obedeceu a sogra e a tratou como se fosse sua própria mãe.

Depois de seis meses a casa inteira estava com outro astral.

Yang tinha controlado o seu temperamento e quase nunca se aborrecia.

Nesses seis meses não tinha tido nenhuma discussão com a sogra, que agora parecia muito mais amável e mais fácil de lidar.

As atitudes da sogra também mudaram e elas passaram a se tratar como mãe e filha.

Um dia Yang foi novamente procurar o Sr. Huang para pedir-lhe ajuda e disse:

- Querido Sr. Huang, por favor, me ajude a evitar que o veneno mate minha sogra! Ela se transformou numa mulher agradável e eu a amo como se fosse minha mãe. Não quero que ela morra por causa do veneno que eu lhe dei.

O Sr. Huang sorriu, acenou com a cabeça e disse:

- Yang, não precisa se preocupar. As ervas que eu dei
eram vitaminas para melhorar a saúde dela. O veneno estava na sua mente e na sua atitude, mas foi jogado fora e substituído pelo amor que você passou a dar a ela.


Na China existe uma regra dourada que diz: "A pessoa que ama os outros também será amada."

Na grande parte das vezes recebemos das outras pessoas o que damos a elas, então...



Tenho pensado muito nisso e me observado mais...
Tudo que plantamos é uma opção nossa, mas a colheita é sempre obrigatória e é por isso que devemos tomar cuidado com que plantamos...
O plantar não é ao longo do tempo, mas hoje, nesse minuto!
Temos algumas armas nas mãos, mas as vezes usamos de maneira errada...
É tão bom ter retorno com coisas positivas, com abraços e sorrisos!!!

junho 05, 2003

Uma balada vez ou outra até que rola,né?!?!!




Para quem não me conhece ainda, na primeira foto sou a terceira da esquerda para a direita!

junho 04, 2003

Blog de roupa nova...
Vai ser assim, até eu me encontrar e encontrar a cara certa para ele!! Enquanto isso vou mudando, mudando, mudando!!! Claro que sem a ajuda da dela não teria jeito, ela sempre da um toque nos detalhes com seus dedinhos de fada ou de bruxa! ( ela vai me matar por isso!)
....
Sei que estou em falta com as visitas!!!
Mas logo logo, retornarei!!!!!
Estou me organizando!!

junho 01, 2003

TÔ NEM AI!!
(Luka)


DE MÃOS ATADAS
E DE PÉS DESCALÇOS,
COM VOCÊ MEU MUNDO ANDAVA DE PERNAS PRO AR
SEMPRE ARMADA
SEGUI SEUS PASSOS
ATÉ EM SEUS BRAÇOS PRA VOCÊ NÃO ME ABANDONAR...
JÁ NEM LEMBRO SEU NOME,
SEU TELEFONE FIZ QUESTÃO DE APAGAR...
ACEITEI OS MEUS ERROS
ME REINVENTEI E VIREI A PAGINA
AGORA EU TO EM OUTRA
TO NEM AI, TO NEM AI ...
PODE FICAR NO SEU MUNDINHO
EU NÃO TO NEM AI....
TO NEM AI, TO NEM AI
NÃO VEM FALAR DOS SEUS PROBLEMAS QUE NÃO VOU OUVIR...
BOCA FECHADA
SEM EMBARAÇOS,
EU TE DEI TODAS AS CHANCES DE SER UM BOM RAPAZ
MAS FUI VENCIDA PELO CANSAÇO
NOSSO AMOR FOI ENTERRADO E DESCANSA EM PAZ....
JÁ NEM LEMBRO SEU NOME
SEU TELEFONE FIZ QUESTÃO DE APAGAR...
ACEITEI OS MEUS ERROS
ME REINVENTEI E VIREI A PAGINA
AGORA EU TO EM OUTRA...
TO NEM AI, TO NEM AI ...
PODE FICAR COM SEU MUNDINHO
EU NÃO TO NEM AI....
TO NEM AI, TO NEM AI
NÃO VEM FALAR DOS SEUS PROBLEMAS QUE NÃO VOU OUVIR...


Meu hino desde ontem!!!
Até qdo eu não sei!!

maio 28, 2003

Apareceu a margarida sumida!

Andei sumida, por que meu computador morreu... o HD pediu epitáfio!!!
Por isso fiquei alguns dias off line!
Mas graças ao meu amado amigo Volneizinho, estou de volta!! Gente fina esse menino!
Como ele mesmo disse, nesses dias que fiquei sem computador, sem net... tive uma vida normal, deixei de visitar o submarino e fui até uma livraria de verdade, mais alguns dias eu iria no cinema!!! rs rs rs rs
Mas isso é a pura verdade...
Redescobri q ainda existe tv ( os canais a cabo , é claro)... passei os dias assistindo meus documentários que tanto gosto, programas de fotografia que tanto babo, entre outras coisas... gastei o meu dedo no controle remoto, mas tive até algumas surpresas agradáveis!!
Além disso cai na real que estou ferrada na minha pós graduação, que tenho que estudar muito mais do que pensava!
Fiz um curso de Gestão de resíduos sólidos na indústria e estabelecimentos de saúde, e adorei, super cansativo... mas muito bom!!
Assisti algumas palestras bem legais... uma bem polêmica e engraçada do Emilio Pompeu, representante do Greenpeace-SP.
Enfim... aproveitei do mesmo jeito!!
Agora estou de volta, acabei perdendo muitos endereços de blogs maravilhosos que ainda não tinha linkado, isso foi uma pena mesmo, agora não sei achar muitos deles... mas vou tentar!!!

maio 16, 2003

Escrevo ou Descrevo

Criando e trilhando novos caminhos a cada momento, explorando o pensamento. Como não achar perfeitas essas curvas que nos levam a criação de maneira tão sutil, observando novos sonhos se formarem, vendo um mundo simplificado e completo.
Novas idéias, idéias essas individuais, originais, que dispensa modelos prontos, interminável e infinita a maneira de se fazer real o mundo interior, que se propaga lenta e constantemente quando livre, vai além do descobrimento, além do falar e se manifesta no pensar. Somos a natureza consciente, mas cegos pelas nossas próprias crenças. Reconheço-me ao escrever cada vez mais, me manifesto em meio a palavras, isso vêem como um presente, uma chave do meu mundo interior. Como seria brilhante se meus sentimentos pudessem ser descritos com palavras ao invés de silêncio.
Esse turbilhão se reflete num sorriso sincero aceso em plena escuridão, em meio a novos caminhos, novas possibilidades. Passar ao mundo a possibilidade de felicidade, sem ser preciso de máscaras, sempre encontrar algo em meio aos desencontros!

maio 15, 2003

maio 11, 2003

maio 09, 2003



O Kali me surpreendeu super colocando o meu post (Faxina que não se vê) no Kálido Blog dele!!
Tenho achado bem diferente esse história de ter um blog, tenho recebido e-mail´s de e comentes mais carinhosos, com muitos elogios!
Fico muito feliz com isso, por que não sabia que poderia escrever algo que outras pessoas gostassem, achava que ninguém nunca ia ler isso aqui inclusive!
Tenho feito desse blog uma voz para o mundo, para mim, pois aqui coloco de tudo, tudo o que da na telha, o que sinto vontade, o que estou sentindo...
Essa aqui é uma terapia pra mim... aqui coloco tudo, mesmo que seja nas entre linhas!!
Agradeço a todos que aqui passam, que aqui deixam um pouquinho de vocês também!!
Um grande beijo a todos!!!


maio 06, 2003



Faxina que não se vê

Andava na estrada pegando migalhas de pão deixadas por João e Maria, mas não deixava de observar a paisagem que mudava ao longo do caminho e a cada mudança sempre achava que a paisagem nova tinha algo parecido com a outra, procurava sempre semelhanças entre elas, guardava sempre um pouquinho de todas as paisagens e de tudo que se podia ao longo do caminho, pois sempre pensava poderia perpetuar a tudo e a todos!!
O caminho... ahhh... esse não sabia se era o certo, bússola e mapas não tinha, mas tinha sempre um sorriso no rosto, paciência, tranqüilidade e muitas opiniões algumas até indesejadas!!
Por vezes chata, irritada, burra, por estar no caminho desconhecido, mas principalmente por estar olhando para o chão e ter esquecido da bela paisagem a sua volta!
O difícil caminho fazia sozinha, sem muita compreensão, mas procurando sempre compreender.
Pecados, vários! Talvez o maior deles seja pensar de mais em mistérios,principalmente mistério esse que demos o nome de Vida!

maio 04, 2003


UMA CAMPANHA - Ou Aquela Campanha Que Gostaríamos De Ver




Eu envergonho o Brasil quando voto naquele cidadão que só fez besteira em governos anteriores.
Eu envergonho o Brasil quando saio daqui e vou fazer besteira em outro país.
Eu envergonho o Brasil quando faço questão de parecer um estúpido ao me expressar em público.
Eu envergonho o Brasil quando implico com estrangeiros.
Eu envergonho o Brasil quando digo que sou branco;
Eu envergonho o Brasil quando digo que sou negro;
Eu envergonho o Brasil quando digo que sou índio e não brasileiro.
Eu envergonho o Brasil quando digo que sou infeliz de ter nascido em um país assim.
Eu envergonho o Brasil quando digo que tenho vergonha do Brasil.
Eu envergonho o Brasil quando na televisão sou considerado artista só por ter participado de um reality show.
Eu envergonho o Brasil quando não me importo com a política nacional.
Eu envergonho o Brasil quando viro o rosto para um irmão brasileiro como eu.
Eu envergonho o Brasil quando só faço o que os EUA, ou quaisquer outros países ditam.
Eu envergonho o Brasil quando omito, escondo, permito ou sou conivente ao crime e à corrupção.
Eu envergonho o Brasil quando simplesmente desacredito no governante do meu país por ele não ter instrução acadêmica.
Eu envergonho o Brasil quando sujo a imagem do país com minha postura negligente.
Eu envergonho o Brasil quando roubo os cofres públicos e assalto a contabilidade do Estado.
Eu envergonho o Brasil quando destruo o patrimônio ou mobiliário público.

Eu envergonho o Brasil quando vendo animais silvestres.
Eu envergonho o Brasil quando desrespeito a natureza.
Eu envergonho o Brasil quando maltrato qualquer animal.
Eu envergonho o Brasil quando de uma forma ou de outra empeço o direito e ir e vir de outro cidadão.
Eu envergonho o Brasil quando faço uma música vulgar.

Eu envergonho o Brasil quando...

Digam-me, gritantes, quando é que vocês envergonham o Brasil?

Roubei aqui

abril 25, 2003


Que esse "lema" descrito acima seja respeitado por todos e passado de geração a geração.
Uma criança educada é um adulto consciente!


Bom, a partir de hoje, vou escrever um pouco mais de assuntos ligados as riquezas naturais do nosso país, que são tantas e tão pouco valorizadas por nós Brasileiros!

abril 21, 2003



Respostas de um só

Uma parte impar e uma parte par, quem é impar e quem é par, não sei responder, se perderam e se misturaram em meio a ausência pelas viagens,ausência mesmo quando presente (de ambas as partes), na amizade, nas muitas risadas, na raiva, na diversão com outras pessoas, no desprezo, na paciência, na falta de atenção, mas o carinho e a educação esses nunca faltaram, o que antes era abominação, hoje é admiração pela maturidade adquirida, pelos papos que foram se modificando ao longos desses muitos anos.
Se isso é sentimento de posse, se é o resgate ou a conquista de algo também não se sabe a resposta!!
Empolgação sim, mas aquele frio na barriga, aquela ansiedade pelo encontrou ou reencontro, esses não forma registrados em nenhum lugar ao que parece.
Uma decisão pensada e repensada, mas não certa e que uma das partes não será comunicada, por que não precisa de palavras para certas coisas.
Mas uma coisa que fica e será eterno é a amizade, essa apenas se fortalece com o passar dos anos.
O pior leitor é aquele que enxerga ponto de exclamação onde existe um ponto final!


abril 17, 2003




Feliz Páscoa a todos!!

A Páscoa é uma festa cristã que celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu, até sua ressurreição, quando seu espírito e seu corpo foram reunificados. É o dia santo mais importante da religião cristã, quando as pessoas vão às igrejas e participam de cerimônias religiosas.

Muitos costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica. É uma das mais importantes festas do calendário judaico, que é celebrada por 8 dias e comemora o êxodo dos israelitas do Egito durante o reinado do faraó Ramsés II, da escravidão para a liberdade. Um ritual de passagem, assim como a "passagem" de Cristo, da morte para a vida.

No português, como em muitas outras línguas, a palavra Páscoa origina-se do hebraico Pessach. Os espanhóis chamam a festa de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.

abril 16, 2003


Dentro de Ti

Dentro de Ti está a Medicina

É a razão de ser grande ou pequenino,

A natureza rústica e Divina

E o poder de fazer o teu Destino.


Dentro de Ti está a sociedade,

De quem por certo poderás ser dono,

O jeito de arrancar da Eternidade

A Harmonia que vive no abandono.


Dentro de Ti está o teu sacrário,

A tua Fé,a tua Igreja,a tua Cruz,

A pobreza de ser um Milionário

E a riqueza de ser somente LUZ.


Dentro de Ti está o Mundo inteiro

O Universo na sua majestade

O meio de ganhar muito dinheiro

E de viver também de Caridade.


Dentro de Ti está a Poesia

Todo o Céu,toda a Terra,todo o Mar,

O imensissimo verbo da Energia

De quem um dia poderás falar.


Dentro de Ti está a tua saúde,

assim como o NÃO unido ao SIM

O jeito de ser bondosa ou rude,

E o principio de tudo preso ao Fim.


Se acordares um dia da tua fadiga,

A vida que de toda a coisa ri,

O mundo será teu,minha cara amiga,

Porque tudo está Dentro de Ti.


Algumas pessoas sabem com surpreender mesmo!!

abril 11, 2003


Recebi a mensagem de uma pessoa especial, ai resolvi colocar aqui, como meu toque pessoall,é claro!!

abril 08, 2003


Hoje é dia Mundial de Luta contra o Câncer


A algum tempo eu fiz um post falando sobre o Câncer de Mama e hoje resolvi tocar no assunto novamente , lotando o blog com informações sobre a doença.Todo mundo deve achar meio estranho repetir um mesmo tema em tão pouco tempo, mas esse assunto é serio e merece destaque e atenção!!

O câncer de mama é o tipo mais comum de câncer entre as mulheres nos Estados Unidos (além do câncer de pele). A cada ano mais de 180.000 mulheres desse país descobrem que apresentam câncer de mama, afetando também mais de 1.000 homens a cada ano. No Brasil, a estimativa para o ano 2001 é de aproximadamente 31.000 novos casos de câncer de mama segundo o Instituto Nacional do Câncer, sendo o tipo de câncer mais comum na mulher, com um incidência de 33.58 novos casos para cada 100.000 mulheres.

As Mamas

Cada mama tem de 15 a 20 seções que estão sobrepostas e que são denominadas de lobos. No interior de cada lobo há muitos lóbulos menores, os quais terminam em dúzias de minúsculos bulbos capazes de produzirem leite.

Os lobos, lóbulos e bulbos encontram-se interligados por meio de tubos delgados denominados ductos.

Esses ductos conduzem ao mamilo, que é uma porção localizada no centro de uma área escura da pele, chamada de aréola. Tecidos gordurosos preenchem os espaços em volta dos lóbulos e ductos.


Não há músculos na mama. Os músculos repousam abaixo de cada mama revestindo as costelas.

Cada mama apresenta vasos sangüíneos e vasos linfáticos que conduzem um líquido incolor, denominado de linfa, que é drenada para pequenos órgãos com formato de feijão, chamado de linfonodos. Agrupamentos de linfonodos são encontrados na axila próximos à mama (embaixo do braço), acima da clavícula e no tórax. Os linfonodos também são encontrados em muitas outras partes do corpo.

Tipos de Câncer de Mama

O tipo de câncer de mama mais freqüente tem início no revestimento dos ductos e por esta razão é chamado carcinoma ductal. Um outro tipo, chamado carcinoma lobular, origina-se a partir dos lóbulos.

Quando o câncer de mama se dissemina para fora da mama, as células cancerosas são freqüentemente encontradas nos linfonodos da axila (linfonodos axilares). No caso do câncer ter atingido esses linfonodos, pode significar que as células cancerosas se disseminaram para outras partes do corpo - outros linfonodos e outros órgãos, tais como ossos, fígado ou pulmões - através da circulação sangüínea ou sistema linfático.

Caso haja disseminação (metástases), o novo tumor possui o mesmo tipo de células anormais. Por exemplo, se o câncer de mama se dissemina para o cérebro, diz-se que o paciente é portador de câncer de mama com metástase para cérebro.

Fatores de Risco

O risco de câncer de mama é proporcional à idade. Esta doença é incomum em mulheres abaixo dos 35 anos. Todas as mulheres com idade acima dos 40 anos são de risco para o câncer de mama.

Entretanto, a maioria dos cânceres de mama ocorrem em mulheres com mais de 50 anos, e o risco é especialmente elevado em mulheres acima de 60 anos.

Pesquisas têm demonstrado que as seguintes condições predispõem a um maior risco para o câncer de mama:

? História pessoal de câncer de mama. Mulheres que tenham desenvolvido câncer de mama apresentam um maior risco de desenvolver câncer de mama novamente.

? Alterações genéticas. Alterações em certos genes (BRCA1, BRCA2 e outros) tornam as mulheres mais susceptíveis ao câncer de mama. Em famílias nas quais muitas mulheres tenham apresentado a doença, os testes genéticos podem mostrar se uma mulher tem uma alteração genética específica que reconhecidamente possa aumentar a susceptibilidade ao câncer de mama. Os médicos podem sugerir formas de tentar retardar ou de prevenir o câncer de mama, ou de melhorar a detecção do câncer de mama em mulheres que tenham alterações genéticas.

? História familiar. O risco de desenvolvimento do câncer de mama em uma mulher aumenta caso sua mãe, irmã, filha, dois ou mais parentes próximos tenham história de câncer de mama, especialmente em idade jovem.

? Certas alterações na mama. Ao apresentar um diagnóstico de hiperplasia atípica ou de carcinoma lobular in situ (CLIS) ou de ter apresentado duas ou mais biópsias de mama para outras condições benignas, a mulher poderá ter um aumento no risco de desenvolver câncer.

Outros fatores associados ao aumento no risco de câncer de mama incluem:

? Densidade da mama. Mulheres acima dos 45 anos com mamogramas que mostrem, pelo menos 75% de tecido denso, apresentam um risco aumentado. Além do próprio tecido mais denso estar associado a uma maior probabilidade de desenvolvimento do câncer de mama, poderá também dificultar a "visualização" dos tumores de mama.

? Radioterapia. Mulheres que tiveram as mamas expostas à radiação durante a infância, especialmente aquelas que foram tratadas com radiação para Doença (ou Linfoma) de Hodgkin, são de maior risco para o desenvolvimento de câncer de mama. Os estudos mostram que quanto mais jovem a mulher tenha recebido o tratamento, maior é o risco para o desenvolvimento do câncer em uma fase tardia de sua vida.

? Gravidez tardia. Mulheres que tenham tido o seu primeiro filho após a idade dos 30 anos têm uma maior chance de desenvolverem câncer de mama quando comparado às mulheres que tiveram seus filhos em idades mais jovens.

Também apresentam um risco um pouco maior para o desenvolvimento do câncer de mama, as mulheres que iniciaram a menstruação em idade precoce (antes dos 12 anos), aquelas que experimentaram uma menopausa tardia (após os 55 anos), as que nunca tiveram filhos e as que fizeram uso de terapia de reposição hormonal ou pílulas anticoncepcionais por um longo período de tempo. Esses fatores aumentam o período de tempo em que o corpo da mulher ficou exposto ao estrógeno. Quanto maior esta exposição, maior a probabilidade de desenvolver o câncer de mama.

Na maioria dos casos, os médicos não são capazes de explicar porque a mulher desenvolve o câncer de mama. Os estudos mostram que a maioria das mulheres que desenvolvem o câncer de mama não apresentam nenhum dos fatores de risco listados acima, mas apenas o risco decorrente do próprio envelhecimento. Da mesma forma, a maioria das mulheres com fatores de risco conhecidos não apresentam câncer de mama.

Sinais e Sintomas

O câncer de mama, em fase inicial, geralmente não causa dor. Mas à medida em que o câncer cresce, poderá causar alterações as quais a mulher deve estar atenta:

? Nódulo ou espessamento na mama ou próximo a ela, ou na região da axila;
? Alteração no tamanho ou forma da mama;
? Descarga (saída de secreção) mamilar, sensibilidade mamilar ou inversão do mamilo para dentro da mama;
? Enrugamento ou endurecimento da mama (a pele da mama adquire um aspecto de casca de laranja);
? Alteração no aspecto da mama, aréola ou mamilo;
? Sensações (por exemplo, calor, inchaço, rubor ou escamoso).

A mulher deve procurar seu médico para qualquer um desses sintomas. Geralmente, eles não correspondem ao câncer, mas é importante ter uma avaliação médica para descartar este diagnóstico e até mesmo detectar precocemente qualquer outra doença a que possam corresponder os sintomas.

Diagnóstico


Uma área anormal evidenciada na mamografia (um nódulo ou outras alterações na mama) pode ser causada pelo câncer, mas também por outros problemas de menor gravidade. Para descartar a possível causa de qualquer um desses sinais ou sintomas, o médico realiza um cuidadoso exame físico e indaga sobre a história médica, pessoal e familiar. Em adição à avaliação geral dos sinais e sintomas de saúde, o médico poderá fazer um ou mais dos exames de mama descritos a seguir.

? Palpação. A palpação da mama fornece dados importantes ao médico. Através da palpação de nódulos na mama (seu tamanho, sua textura e se é móvel ou fixo) e de tecidos à sua volta, o médico faz uma diferenciação inicial se o nódulo é benigno ou maligno.
? Mamografia.
? Ultra-sonografia.

Baseado nestes exames o médico poderá decidir que não há necessidade de outro exame adicional e que nenhum tratamento é necessário. Exames que podem ser adicionalmente solicitados:

? Aspirado por agulha fina. Uma agulha fina é utilizada para a retirada de líquido de um nódulo mamário. Este procedimento evidencia se o nódulo é um cisto preenchido por líquido (não canceroso) ou se é uma massa sólida (que pode ou não ser câncer). Se o líquido retirado de um cisto for claro, pode não haver necessidade de avaliação laboratorial.

? Biópsia por agulha. Usando-se técnicas especiais, podem-se remover, por meio de uma agulha, amostras de tecido de uma área suspeita evidenciada na mamografia e que pode ser palpada ao exame clínico. O tecido removido em uma biópsia por agulha vai ao laboratório para ser avaliado por um patologista quanto à presença de células cancerosas (= exame anátomo-patológico).

? Biópsia cirúrgica. O cirurgião retira totalmente ou parte de um nódulo ou área suspeita. Um patologista examina o tecido através de um microscópio para verificar a presença de células cancerosas.

Quando o câncer é diagnosticado, o patologista pode informar qual é o tipo de câncer (ductal ou lobular, caso a origem seja em um ducto ou lóbulo, respectivamente) e se o mesmo é invasivo (invade os tecidos próximos à mama) ou in situ (localizado).

Testes laboratoriais especiais realizados com o tecido auxiliam o médico a aprender mais sobre o câncer. Por exemplo, testes com receptores hormonais (testes com receptores de estrógenos e progesterona) podem predizer se o câncer é sensível a hormônios.

Testes com resultados positivos indicam que os hormônios ajudam no crescimento do câncer e que provavelmente responderá à terapia hormonal. Outros testes laboratoriais são algumas vezes realizados para ajudar o médico a predizer se o câncer tem um crescimento lento ou rápido. O médico também poderá realizar exames especiais de ossos, fígado ou pulmões para verificar se o câncer de mama disseminou para essas áreas.

Tratamento


As opções de tratamento para cada mulher dependem do tamanho e da localização do tumor na mama, dos resultados dos testes laboratoriais (incluindo os testes de receptores hormonais) e do estágio (ou extensão) da doença. Para desenvolver um plano terapêutico que preencha as necessidades de cada paciente, o médico também leva em consideração a idade e a condição de menopausa da paciente, sua saúde geral e o tamanho da mama.

Os métodos de tratamento do câncer de mama podem ser locais ou sistêmicos. Os tratamentos locais são utilizados para a retirada, destruição ou controle das células cancerosas em uma área específica.

Cirurgia e radioterapia são exemplos de tratamentos locais. Os tratamentos sistêmicos são utilizados para destruir ou controlar as células cancerosas em todo o corpo. A quimioterapia e a terapia hormonal são tratamentos sistêmicos. Pode ser necessário utilizar um método isolado ou a combinação deles. Diferentes formas de tratamento podem ser administradas ao mesmo tempo ou em seguida a outro tratamento.

? Cirurgia é o tratamento mais freqüente para o câncer de mama. Muitos tipos de cirurgia podem ser utilizados. O médico pode explicar cada uma delas em detalhes, discutir e comparar os benefícios e riscos de cada tipo e descrever de que forma cada uma delas afetará a aparência estética da paciente. Uma cirurgia para retirada total da mama ou parte dela é denominada mastectomia. A reconstrução da mama é uma opção freqüentemente realizada em conjunto com a mastectomia, ou uma opção mais tardia. Uma cirurgia que retire apenas o câncer e que preserve a mama é chamada cirurgia conservadora da mama ou cirurgia econômica da mama. Lumpectomia e mastectomia segmentar (ou mastectomia parcial) são exemplos de cirurgias econômicas da mama, ou seja, cirurgias que visam preservar a mama. Geralmente são acompanhadas de radioterapia com o intuito de promover a destruição de qualquer célula cancerosa que possa ter permanecido na área. Na maioria dos casos, o cirurgião também retira os linfonodos localizados na axila para avaliar se as células cancerosas invadiram o sistema linfático.

Na lumpectomia, o cirurgião retira o câncer de mama e parte do tecido normal localizado à sua volta. Freqüentemente, alguns dos linfonodos localizados na axila são retirados.

Na mastectomia segmentar, o cirurgião remove o câncer e uma grande área de tecido mamário que está à sua volta. Ocasionalmente, alguns dos revestimentos dos músculos do tórax localizados abaixo do tumor também são removidos. Alguns linfonodos axilares também podem ser retirados.

Na mastectomia total (simples), o cirurgião retira toda a mama. Alguns dos linfonodos axilares também podem ser removidos.

Na mastectomia radical modificada, o cirurgião retira a mama inteira, a maioria dos linfonodos axilares e freqüentemente o revestimento dos músculos do tórax. Os dois músculos menores também são retirados para auxiliar na remoção dos linfonodos.

Na mastectomia radical (também chamada de mastectomia radical de Halsted), o cirurgião retira a mama, os músculos do tórax, todos os linfonodos axilares e alguma pele e gordura adicional. Por muitos anos, esta operação foi considerada modelo para as mulheres com câncer de mama, mas atualmente sua utilização é rara e está restrita a casos avançados nos quais o câncer de mama tenha invadido a musculatura do tórax.

A reconstrução da mama (cirurgia para reconstruir a forma da mama) é uma opção freqüentemente disponível após a mastectomia. As mulheres que considerarem a reconstrução devem discutir esta opção com o cirurgião plástico antes de realizar a mastectomia.

? Terapia hormonal é utilizada para privar as células cancerosas dos hormônios necessários para o seu crescimento. Este tratamento consiste no uso de drogas que alteram a forma de funcionamento hormonal ou na retirada cirúrgica dos ovários. Como na quimioterapia, a terapia hormonal é um tratamento sistêmico, podendo afetar as células cancerosas em todo o corpo.

As decisões em relação às opções terapêuticas são complexas. Freqüentemente são afetadas pelo julgamento médico e pelos desejos da paciente.

As opções terapêuticas de uma paciente dependem de uma série de fatores. Esses fatores incluem a idade e a condição da menopausa, saúde geral, do tamanho, localização e estágio do tumor; do tamanho da mama e presença de linfonodos axilares comprometidos. Também são consideradas certas características das células tumorais (como o fato de dependerem de hormônios para seu crescimento). O fator mais importante é o estágio da doença. A seguir estão os estágios do câncer de mama e os tratamentos mais freqüentemente utilizados em cada estágio. (Algumas vezes outros tratamentos podem ser adequados).

Reconstrução da Mama

Após uma mastectomia, algumas mulheres decidem utilizar uma prótese que imita o formato da mama. Outras preferem realizar a reconstrução da mama ao mesmo tempo da mastectomia ou em uma fase mais tardia.

Cada opção tem os seus prós e contras e o que é ideal para uma paciente poderá não ser para outra. O mais importante é que quase todas as mulheres tratadas para o câncer de mama façam sua opção. É melhor consultar um cirurgião plástico antes da mastectomia, mesmo que a reconstrução seja considerada para uma fase mais tardia.

Vários procedimentos são usados para a reconstrução da mama. Alguns utilizam implantes (salino ou de silicone); outros utilizam tecidos retirados de uma outra parte do corpo da mulher. A avaliação da idade da mulher, do tipo corpóreo e do tipo de tratamento do câncer ajudam a determinar qual o melhor tipo de reconstrução. A mulher deve solicitar ao cirurgião plástico que explique os riscos e benefícios de cada tipo de reconstrução.

Reabilitação

A reabilitação é uma parte importante no tratamento do câncer de mama.

A equipe de cuidado à saúde faz todo o esforço possível para que a mulher possa retornar às atividades normais. A recuperação será diferente para cada mulher, dependendo do tipo de tratamento, da extensão da doença e de outros fatores.
O exercício após a cirurgia pode fazer com que a mulher readquira a movimentação e força de seu braço e ombro. Também poderá ajudar a reduzir a dor e a rigidez do pescoço e região dorsal. Exercícios planejados cuidadosamente devem ser iniciados tão logo o médico permita, freqüentemente, isto ocorre dentro de um dia ou pouco tempo após a cirurgia.

Os exercícios são iniciados de forma lenta e delicada, podendo até mesmo ser realizados no leito. Gradualmente o exercício pode ser mais ativo e os exercícios regulares passam a fazer parte da rotina normal da mulher.

(As mulheres que tenham realizado mastectomia com reconstrução imediata da mama necessitam de exercícios especiais, sobre os quais o médico e a enfermeira fornecerão explicações).

Freqüentemente o linfedema após a cirurgia pode ser prevenido ou reduzido com determinados exercícios e pelo repouso do braço apoiado sobre um travesseiro. Caso ocorra o linfedema, o médico poderá sugerir exercícios e outras formas de lidar com este problema. Por exemplo, algumas mulheres com linfedema usam luvas elásticas ou um punho elástico para melhorar a circulação linfática. O médico também poderá sugerir outros tipos de abordagem tais como medicação, drenagem manual da linfa (massagem) ou o uso de aparelho que comprima o braço.

A mulher poderá ser encaminhada a um fisioterapeuta ou a um outro especialista.

(Fonte: Manual do Instituto Nacional do Câncer / EUA - NCI)