setembro 28, 2008

Paixão não, mas eeeeeehhh saudade!

Sabe aquele dia que você sonha com aquela pessoa e acorda com uma cara de ponto de interrogação!? No meio do seu trabalho você chama alguém pelo nome daquela pessoa, se já faz tanto tempo que não se lembrava da face, quanto menos do nome do dito cujo! Nesse lembro ou não lembro... você começa a se recordar de coisas que jurava já terem se perdido entre as lacunas da memória, como aquele dia que ficamos horas ilhados no carro conversando tranquilamente com o mundo caindo la fora, como naquele dia de TPM master que ao abrir a porta e la estava ele com meu chocolate preferido na mão, aqueles tantos momentos que ri até a barriga doer, lembro do jeito inteligente de brincar e ser, seu humor memorável, seu jeito sutil quase imperceptível de se dar, de demonstrar amor, suas incansáveis caronas, suas brigas para pagar a conta, das conversas intermináveis, suas belas mãos, nossos desencontros na rodoviária nas minhas idas e vindas, sua mania de perder vôos se eu não ligasse para acordá-lo, de quando eu reclamava de tédio em casa e logo recebia uma msg: olhe a caixa do correio e la estavam filmes anti tédio, de quando mesmo sem reclamar de frio ele ligava o aquecedor nos meus pés, como o dia que ficou na estrada a noite e só se lembrava do meu numero para enviar socorro .... Tantas coisas que foram importantes ou simplesmente legais, alias que bom que hoje consigo me lembrar de pequenas e engraçadas coisas, consigo ter um sentimento fraterno, pois se fosse para enumerar os defeitos, me lembrar do mal feitou ou causado em mim, bem, ai não caberia nesse espaço!

Não é paixão, é apenas saudades do que foi de bom!!!!!!

Trilha Sonora!

setembro 24, 2008


Monólogo Mudo

Uma menina que não sabia falar, escrevendo era melhor, escrevia pra si mesma sempre, escrevia muitas vezes seus segredos, mas isso não tinha importância, pois ninguém lia.
Por não falar ficava imergida, muitas vezes presa a seus pensamentos ou seria livre em meio aos seus devaneios?!? Enfrentava percalços como todo mundo e sabia que as respostas estavam nos mesmos, só não sabia como começar a procurar ou será que já sabia as respostas!?
Carinhosa e amável, altruísta, por vezes áspera e egoísta.
Acreditava demais naquela força superior, mas vivia em meio a pontos de interrogação e tinha muitos "porquês", porque de acontecimentos, perdas, mas ainda assim não deixava de acreditar.
Acreditava, pois via muitas coisas boas entre as ruins, ela só não sabia falar, e às vezes tinha olhos inundados e madrugadas longas demais!
Depois das quase infindáveis madrugadas o sol nascia como todos os dias e ela colocava sua máscara sorridente e saia com um monte de gente e assim os fazia contente!
Tudo isso por que a menina falava demais!

setembro 22, 2008

Estava eu fazendo um post sobre um assunto totalmente diferente e escutando MPB FM, eis que escuto essa música e me faz viajar por bons tempos vividos em Brasília-DF e uma pessoa em especial!
Algumas lembranças:

1-Pegar rango tradicional de quem mora fora da casa dos pais

Ihhhhh amor, nosso gás acabou, você pode trazer um para nós?
- Claro, já estou saindo de casa!
Comento com a amiga... Nossa que lindo, ele vai trazer!!
15 minutos depois, interfone! Rápido ele,em!?
Abre a porta da portaria correndo, abre a porta do apto correndo... afinal carregar um botijão de gás até o 3º andar é muito cansativo, tadinho,né!?!
Eis que entra o “amor”, com um IMÃ em forma de botijão com um disk Gás!

2- Futebol
Su, seu apto é muito bom, bem localizado (leia-se perto do supermercado para comprar mais cerveja) comidinha boa, tempero mineiro, cervejinha sempre gelada, colchão na sala para o ronco de barriguinha cheia e você ainda assina essa TV que ganha o campeonato Brasileiro de GRÁTIS, lindo demais, Su!

Detalhe... tudo para ele era Grátis, portanto comentário dispensável!

3- Analistas de Sistemas
Amor, estou precisando fazer bla bla bla bla bla bla no meu computador, se que você pode me ajudar (leia, será que você pode fazer)?
O dito cujo, abrindo mais uma cerveja ttiiiiiiiiiisssssssssssss, olha para mim e diz, por que todo mundo acha que Analista de Sistemas é técnico?!?!

Conclusão brilhante:
Já não fazem homens como antigamente!!

Mas eu dou muuuuuuita risada!!

Que veeeenha semana de decisões, tenho um belo sorriso no rosto para te enfrentar!


video

setembro 19, 2008



Não é meu nem o texto, nem a imagem, se alguém souber de quem é, me fale que dou os devidos creditos!! (estava entre meus guardados)

Mas de fato eu tenho uma caixinha igualzinha!!
Fechando mais uma semana daquelas!!!
Meu final de semana vai ser de yoga, aula de teatro(que juro nao faltar), Luiz Fernando Verissimo me espera... semana que vem conto essa façanha aqui!!!
Que venha o final de semana!

setembro 17, 2008


Saltimbancos

A vida é só um picadeiro de circo
Quando notamos...

Foram-se as lâminas certeiras
dos atiradores ciganos
restaram véus de purpurinas.

Apenas as lembranças rodopiam.
Ecoam em algum lugar aqui dentro
como cambalhotas sapecas.

Carla Andrade

*Mineira de Belo Horizonte, da safra de 1977, Carla Andrade Bonifácio Gomes mora em Brasília. Jornalista, tem espírito de globe-trotter e viaja muito. Lançou este ano seu livro de estréia, Conjugação de Pingos de Chuva.

setembro 15, 2008


Madrinha de Casamento

O papel da madrinha num casamento é especial, uma honra, nos sentimos lisonjeadas pela demonstração de carinho e consideração. Geralmente a noiva faz o convite àquela pessoa que gosta muito e que é importante, tanto na vida da noiva, como na do casal. Portanto surgem algumas leves preocupações para “não fazer feio” num momento tão importante e inesquecível na vida da amiga ou do amigo. A primeira coisa que pensamos é no presente, e como somos convidados especiais, o presente dos padrinhos também tem que ser especial. Confesso que isso já me fez colocar o tico e o teco para funcionar, mas apenas na estréia, como tudo na vida depois que inaugura é só relaxar!
Eu já estou vacinada, fui madrinha pela 6ª vez, como diz uma vendedora da loja de straz (acessórios brilhantes):
- Ou você é MUITO rica ou MUUUUUUUUUUUITO gente boa!
Bem, mal sabe ela que sou bióloga, ou seja... pobre! Só me resta ser gente boa!
Mas ser madrinha esta muito além da roupa ou do presente, significa que entre muitos você foi escolhido para participar de um momento importante, o começo de uma nova estrada a ser trilhada por um casal, mas para isso, se você for amiga da noiva, significa que você vai passar horas a fio falando de casamento e tudo que inclui nesse pacote, desde a cor do tapete até os tradicionais “bem casados”e haja detalhe a ser falando, cores a serem escolhidas...
Mas me sinto feliz por tantas pessoas se lembrarem de mim para compartilhar momentos tão importantes!!
Depois de tantos casamentos participando ativamente dos preparativos, do nervosismo, da festa (que nenhum dos noivos veja, mas costumo consumir todo meu investimento de roupa, cabelo e tudo mais na festa kkkkkkk), acho tudo lindo, sou velha e choro em casamentos, mas casar.... aaaaahhh... essa é outra estória!

setembro 13, 2008


Meu Virtual Particular



Tenho utilizado o mundo virtual como há tempos não fazia, essa freqüência me levou a meditar um pouco sobre esse mundo tão cheio de possibilidades.
Como é possível que pessoas atrás de suas telas sejam despertadas por emoções tão reais bem como suas origens e consequências.
Hoje já definimos o virtual como o possível, que não exclui o concreto, foi-se o tempo em que a “virtualidade” era uma hipótese e não a concretização.
As amizades não se criam, florescem espontaneamente, produto da identificação mútua de interesses, comunhão de pontos de vista, modo de encara a vida etc., que por sua vez provoca o aparecimento de uma afetividade recíproca.
Minha historia com o mundo virtual começo aos 15 anos (ontem praticamente! Kkkkk), ganhei um computador, na minha cidade não tinha internet nessa época, tinha apenas um BBS (Boletim Broadcasting System), uma tela preta com letrinhas verdes, que podia ficar apenas 1 hora por dia, o que era o fim da picada... através daí fiz vários amigos, que hoje já se passado uma década, ainda fazem parte do meu convívio, inclusive um deles foi meu par como padrinho de um casamento hoje! Mais concreto impossível!
Bem, o blog apareceu em 2002 quando “ninguém” sabia o que era blog, esses eram tão poucos que tínhamos até “vizinhos” de blog, nessa minha volta fui entrar em vários que lia todos os dias e naaaada, já acabaram, uma pena, pois via blog, posteriormente vinha ICQ, conversava com muita gente interessante, que se perderam por esse mundão virtual!
Para encurtar tudo isso, tem uma certa Doutora que me inspirou muito para voltar para esse meu divã particular! E essa por sua vez, veio por conta desse moço muito chic! (mas dele eu conto outro dia...)

Assim que conseguir dar uma cara nova para meu blog que na verdade é o meu divã particular, vou empolgar mais e linkar os novos e organizar os velhos post´s e link´s!!!

Um dia desse entre em um site que dava uma dica algo do gênero: Saia da net e vá até a janela!
Eu diria... passem do mundo virtual para o real, convivam, conversem, troquem idéias, dê risada, não fiquem na sua concha do anonimato!

setembro 11, 2008



So para lembrar dos velhos tempos de blog!!!